CERTIFICADO DE CACHORRO
O cachorro certificado PACP:
O PACP – Pastor Alemão Clube de Portugal, é o único Clube em Portugall filíado na WUSV( Weltunion schaferhunde Verein), ano de filíação 04 setembro de 2006.Tem desenvolvido um trabalho exemplar na raça de Pastor Alemão.
O Livro de Origens Português,vulgarmente conhecido por LOP,que atesta que o exemplar provém de progenitores reconhecidos como cães de Pastor Alemão.
À WUSV cabe o estudo, controlo, aperfeiçoamento e evolução da raça a nível mundial, transmitindo a todo os seus Clubes associados um conjunto de normas que visam esse mesmo fim. Assim sendo, tem sido uma das principais preocupações do PACP o estabelecimento de regulamentação para a Reprodução da raça em Portugal, que culmina com a atribuição do Certificado de cachorro PACP, que atesta que aquele exemplar é proveniente de um cruzamento que cumpre todas as normas exigidas aos reprodutores .
O que é o CACHORRO CERTIFICADO PACP ?
È um cachorro controlado pelo Clube, sendo que esse controlo começa nos próprios progenitores ainda antes do cruzamento, e termina com o controlo do próprio cachorro antes de ser entregue ao seu novo dono.
Para que se entenda a importância deste Certificado de Cachorro PACP, vamos explicar os principais passos que o Criador PACP tem de dar para que venha a obtê-lo.
1º Cruzamento:
Nem todos os Cães de Pastor Alemão, ainda que possuam LOP, podem cruzar entre si segundo as normas do PACP. O PACP estabelece que para dois reprodutores poderem cruzar, têm de cumprir uma série de requisitos que visam a saúde, a morfologia e o carácter com vista ao aperfeiçoamento da raça. Eis alguma das normas exigidas aos reprodutores que cumprem as normas da WUSV, para que possam ser levados á criação.
2º Consanguinidade
Os cruzamentos de consanguinidade estreita estão proibidos. Assim sendo não são admitidos ao certificado os cruzamentos de consanguinidades 1-2 2-2 2-3 ( pais com filhos, netos com avós por ex).
3º Falta de certas peças dentárias
Não são admitidos ao certificado, os cachorros provenientes de cruzamentos com reprodutores que apresentem a falta das seguintes peças dentárias. Estes defeitos passam de pais para filhos e se não fossem tomadas medidas, poderíamos ter a dentro de alguns anos exemplares com falhas graves na sua dentição, o que se reflectiria na sua capacidade de presa e alimentação.
4º Teste de Caracter
Para poderem reproduzir todos os progenitores têm de ser submetidos a um “teste de carater” que se traduz na produção de um barulho equivalente ao de um tiro de pistola, onde é avaliado o comportamento do exemplar. Os exemplares que apresentem sinais de medo, não poderão ser admitidos na reprodução e consequentemente os seus filhos não poderão obter o Certificado de Cachorro PACP.
 

5º Prova de BH

Aos reprodutores é exigida uma prova de Obediencia Básica e comportamento social, a prova de BH, julgada por um Juiz credenciado para tal, em que o exemplar terá de obter a classificação de Apto. È importante que os reprodutores demonstrem ser cães equilibrados, obedientes, e sem desvios comportamentais no convívio social. Só os reprodutores que tenham obtido este certificado, poderão ser levados á reprodução e ver consequentemente as suas ninhadas certificadas com o “Certificado de Cachorro PACP”.

6º Prova de KöRUNG
Sendo a prova de BH o requisito mínimo, todos os Reprodutores que apresentem a o certificado de KORUNG, estão automaticamente qualificados para a reprodução.
7º Obtenção da classificação de “ muito bom”
È necessário que sejam confirmados os requisitos definidos pelo estalão da raça, tais como a altura ao garrote, a pelagem, a morfologia que no seu todo deverá ser harmoniosa, as orelhas, os olhos etc…. Para isso o reprodutor deverá ser apresentado a um Juiz especialista da raça, numa prova aberta, onde terá de obter a classificação de “muito bom” na classe de muito jovem.
8º Idade mínima
Para o reprodutor está definida a idade mínima e máxima para poder reproduzir, sendo que a mínima está estabelecida nos 18 meses, e a máxima nos 8 anos
9º Controlo da Displasia da Anca e cotovêlo
Os progenitores terão de ser sujeitos a RX. Tais radiografias são certificadas na Alemanha pela WUSV, tendo de estar enquadradas num dos três graus admitidos; A: B: ou C. ( Normal- -Fast Normal- NochZugelassen) (A-Normal; B- Quase Normal e C-Permitido)
10º Controlo de ADN nos progenitores

Este controlo foi implementado pelo PACP a partir de 1 de Janeiro de 2017. Este exame é certificado na Alemanha pela WUSV, permitindo desfazer qualquer dúvida no futuro sobre a paternidade de um dado exemplar. Depois de cumpridas todas estas normas por parte dos reprodutores, para que que todo o processo de certificação seja transparente, é exigido ao proprietário da fêmea que apresente a comunicação de cobrição ao PACP através dum formulário próprio no prazo de 15 dias.

Depois de cumpridas todas estas normas por parte dos reprodutores, é necessário que todo o processo de certificação seja transparente. Assim sendo é exigido ao proprietário da fêmea que apresente em 15 dias a sua comunicação de cobrição, bem como a do nascimento da ninhada num prazo de 8 dias. A falta destas comunicações inviabiliza a certificação da ninhada.
Segue-se o nascimento e a vistoria da ninhada por parte dos delegados do Clube. Estes vão ao canil verificar todos os cachorros, o seu estado de saúde, as condições de higiene no canil, procedem ao controlo dos microchips.
Só depois de cumpridas todas estas formalidades, é atribuído a cada cachorro o seu certificado de cachorro PAC
P.

Cuidados a ter na aquisição de um cachorro de Pastor Alemão
Solicite ao Pastor Alemão Clube de Portugal , PACP, a lista dos Criadores Certificados, onde poderá facilmente verificar, quer os Criadores que se situam mais próximo da sua área geográfica, quer as ninhadas existentes.
Ao seleccionar um ou vários destes Criadores PACP, estará já a escolher um elevado padrão de qualidade para o seu futuro cachorro nas suas principais vertentes ; Saúde, Carácter, Morfologia.
Quase todos os Criadores PACP possuem hoje meios de comunicação bastante acessíveis, sites e redes sociais, onde poderá numa primeira fase inteirar-se do trabalho realizado pelo Criador.
4º Os Criadores PACP estão sempre disponíveis a facultar-lhe toda a informação solicitada, ou esclarecer-lhe qualquer duvida que tenha, antes de iniciar a visita ás suas instalações.
No site do PACP encontra uma lista de todos os Criadores do Clube, com um mapa da sua localização geográfica , que lhe permitirá mais facilmente agendar as sua visitas.
6º Depois de selecionado(s) o(s) Criador(es) PACP, inicie a sua visita. O Criador PACP deverá mostra-lhe as suas instalações , os progenitores que normalmente utiliza ou está a utilizar, documentação que entenda solicitar e condições de entrega do cachorro.
No dia agendado para a entrega do seu cachorro, o Criador deverá entregar- lhe o Certificado de Exemplar, que atesta que essecachorro foi controlado pelo Clube, e cumpriu todas as regras que aqui lhe descrevemos.
OBRIGADO POR TER PREFERIDO UM CACHORRO DEVIDAMENTE CERTIFICADO PELO PACP.
BOA SORTE.
PROTOCOLOS

www.hotel-torre-mar.pt
 
 
MAPFRE SEGUROS
 
  CANINA  
 

 

 

DADOS BANCÁRIOS DO PACP
BANCO: Caixa Geral de Depósitos
IBAN: PT50 0035 2166 00021959330 79
BIC SWIFT: CGDIPTPL

PASTOR ALEMÃO CLUBE DE PORTUGAL
RUA FESTA DA HERA 274
4490-238 ARGIVAI
PORTUGAL

TELF: 913015747
direccao@pacp.pt
dep_reproducao@pacp.pt
tesouraria@pacp.pt
socios@pacp.pt
Todos Direitos Reservados PACP2016 Designed by José Ferreira